quinta-feira, 30 de agosto de 2007

Hoje é dia de Circo.


Ah meu amigo,
Bem vindo ao Circo da Solidão;
Onde a fila para palhaços
Ultrapassa a esquina
E todo mundo é um pouco mágico.

Não passe da entrada
Se quiser amigos encontrar.
No picadeiro a tentação estará.
No meio de um público
Com olhos tristes à olhar
E bocas sorridentes para enfeitar.


Malabaristas brincam com corações,
Enquanto assistentes de mágico
Apresentam faces vazias, sem expressão.
Leões comem criancinhas.
Elefantes sábios fogem para seu bando.

A banda continua a tocar,
Fim de espetáculo.
ACORDA!
Vai viver, Otário.
Mais circo só amanhã.

2 comentários:

Eu-Alguem. disse...

Ow...
Valeu pelo elogio moça.
=]

Te espero mais vezes por lá.

Gostei daqui tambem.Outro estilo,mas agradavel!

Té!

ratzq disse...

todo dia é dia de circo
estamos a fazer malabarismos com a vida
e nem percebemos que tudo desmoronou. e que estamos a fazer malabarismo com o nada...
o que tinhamos em nossas mãos foi surrupiado...
acordamos todos os dias
otários....
para viver de novo o circo de mentira